Nuestra lucha no se trata de una mera elección estrecha entre opciones electorales dentro del actual régimen, sino de apostar por formas de organización económica y espiritual, cualitativamente superiores a la civilización burguesa, donde se garantiza la emancipación del proletariado y la democracia real. Es la lucha popular por la conquista de la civilización socialista, partiendo del estudio científico de las bases materiales que lo posibilitan y con el objetivo último del comunismo.

[Automatic translation: EN]
[Traduction automatique: FR]

22 de mayo de 2014

Los regímenes instalados por el imperialismo esclavizan y tiranizan a la mujer

En Afganistán, Yemen, Bosnia-Herzegovina, Kosovo, Libia, Iraq, partes de Siria...

El gran retroceso de la condición de la mujer se debe a la destrucción por el ataque imperialistas de los derechos acordados por revoluciones de tipo marxista, socialista, nacionalista, laico y progresista



Las mujeres centroasiáticas se liberan con Lenin y abandonan la esclavitud de los mullahs oscurantistas

Propaganda bolchevique para la liberación femenina en el Asia central soviética
 
Paso a paso para destruir los prejuicios, supersticiones y esclavitud de siglos de dominio feudal. Primero la alfabetización femenina en 1923.

Heroicas mujeres musulmanas combatientes contra el colonialismo francés en las filas del FLN argelino en 1959

Las mujeres valientes y libres del Partido Democrático del Pueblo de Afganistán en 1980

La mujer revolucionaria y patriota en la Yamahirya árabe libia popular socialista en 2011

Heroicas antimperialistas del Ejército popular sirio en 2012 contra el terrorismo y el fascismo wahabí

Etiquetas:

3 Comments:

Anonymous AnonimoTrotskista said...

Washington entrega o Afeganistão não ao povo mas a seguranças privados e ONGs que farão espionagem de um novo estilo para mascarar o império, a ler com atenção, em português:
http://www.marchaverde.com.br/2014/05/washington-entrega-ocupacao-do.html

Se a China ajuda a Rússia comprando-lhe gás para atenuar sanções, que mais desculpa tem os oligarcas do Kremlin para não intervir, só ganham politicamente com isso, que mais esperará Putin???

http://www.marchaverde.com.br/2014/05/pivo-na-eurasia.html

Se actua firme na Síria, porque não na Ucrânia, Rússia veta resolução francesa que visava legitimar intervenção militar:

http://www.marchaverde.com.br/2014/05/rusia-y-china-vetan-el-borrador-de.html

Kiev não desiste e quer dar o golpe final, PUTIN ACTUA!!!

http://www.marchaverde.com.br/2014/05/kiev-desloca-mais-forcas-militares-para.html

Continua

3:11 a. m.  
Anonymous AnonimoTrotskista said...

Esta noticia é no mínimo interessante, fala da lei marcial em Lugansk mas ao mesmo tempo fala de 30 soldados ucranianos que foram mortos por Pravy-Sektor por quererem desertar e juntar-se á RPDonetsk. Curioso é que a “média livre” reportou 13 soldados ucranianos mortos supostamente á queima-roupa por “bárbaros soldados terroristas” , quando na verdade quem executou a sangre frio os soldados não foi a republica de Donetsk mas os animais do Pravy-Sektor, ou seja preferem admitir baixas para descrever como animais a resistência mas não admitem deserções em massa e a presença de nazis, que estando na cadeia de comando é que mandam nisto, querem vender a tese do povo ucraniano unido contra poucos terroristas e soldados russo de fora, quando na verdade o exército ucraniano não existe como tal, os soldados recusam a disparar, isso demonstra a farsa deste conflito. Contudo é um sinal de duas coisas: se pressionarmos podemos conseguir como no Vietnam uma deserção em massa e derrota final dos fascistas, por outro lado não é de excluir um cenário futuro de golpe na Ucrânia Ocidental, se estes soldados não se revém nestes porcos, não seria preciso sequer um Lenine para convencê-los a tomar armas sim contra oligarcas porcos, o facto de a base do exéricto da Ucrânia, ser feitas por russos e judeus (falsamente chamados de russos), aliado ao forte sentimento soviético(um senhor ucraniano de Slaviansk casado com uma russa disse “os meus filhos são russos, ucranianos, são meus, amo-os, como amo a minha mulher. Que vem cá fazer estes bandidos? Não queremos viver com nazis, se for preciso hei de combatê-los, com uma faca de cozinha, mas combato-os, não queremos cá nazis…”). A população leste/sul está mesclada com russos, judeus, bielorrussos, não é por acaso que é um feudo do PCUS. A população ocidental pode ter havido um ascenso do fascismo (gracias Gorby por isto), mas há muitos russos, judeus, muitos ucranianos trabalham na Rússia, acaso não ergueram uma estátua a Lenin em Kiev, e alguém viu alguma animosidade contra ela??? Temos de saber ler estes sinais, e trabalhar para quiçá usar este exército ucraniano (uma vítima da porca Timoshenko) no futuro para restaurar o poder vermelho, não devemos deixar de lado nenhuma hipótese, inclusive de um golpe contra Kiev, se a pobreza alastrar, a guerra tornar-se insuportável, e a Ucrânia ser um caos, este governo que nada representa(o Svoboda teve apenas 10%) pode cair, saibamos trabalhar em todas as hipóteses…

http://libya360.wordpress.com/2014/05/22/martial-law-declared-in-luhansk-peoples-republic/

Que linda noticia, camaradas, leiam em castelhano(este site é muito bom a informar sobre Ucrânia) que a república de Lugansk publicará a lista de estrangeiros que combateram por Kiev, demonstrando a farsa que são, ao mesmo tempo que afirma haver nas milícias militantes da ex-URSS, agora CEI, em todas as milícias, que significa isto, Lukashenko e Putin deixaram passar milhares de lutadores pela URSS??? Que bela not´cia comove-me porque demonstra Lenin nvivo, ma sporque esses combatentes serão a base do FUTURO OUTUBRO VERMELHO!!!

http://sp.ria.ru/international/20140522/160172927.html

Atualização: 3 blindados capturados pela República de Lugansk, agora nas mãos do povo rebelde:

http://sp.ria.ru/international/20140522/160176590.html

Saudações

3:13 a. m.  
Anonymous AnonimoTrotskista said...

Sempre podemos agradecer a gorby este grande mundo que tmepos, uma mulher na chechénia era mais livre em 1917 que em 2014, GRACIAS GORBY, SEGUE EM FRENTE, LOL!!!!

Mais vale rir que chorar, como é que alguém aind apode achar que a URSS cair foi algo bom,lembrar de Kamal defender as mulheres em 1980(contra as pseudo-feminista ocidentais), e agora vivem pior que em 2014, isto sim é "retornar a Lenin", LOL!!!!!

VOLTA LENIN!!!!!

Saudações

3:19 a. m.  

Publicar un comentario

<< Home