Nuestra lucha no se trata de una mera elección estrecha entre opciones electorales dentro del actual régimen, sino de apostar por formas de organización económica y espiritual, cualitativamente superiores a la civilización burguesa, donde se garantiza la emancipación del proletariado y la democracia real. Es la lucha popular por la conquista de la civilización socialista, partiendo del estudio científico de las bases materiales que lo posibilitan y con el objetivo último del comunismo.

[Automatic translation: EN]
[Traduction automatique: FR]

4 de abril de 2014

Secretario jurídico del PCFR vaticina una Unión Soviética renovada



El camarada no explica ni formas ni métodos ni plazos pero es indudable que es la aspiración de amplísimas masas no únicamente rusas y no únicamente que viven en las actuales fronteras de la Federación Rusa sino de todo el pueblo de las Repúblicas de Belarús, de Pridnestrovie, de Abjasia, Osetia del Sur y de amplias mayorías de Moldavia, Ucrania, Letonia, Armenia, Kazajstán, Tayikistán y Kirguistán. Sólo el Este reaccionario de Ucrania, la pequeña Georgia fascista, el Uzbekistán oscurantista y las Lituania y Estonia lacayas de la OTAN quedarían fuera. Será un enorme avance para la Humanidad.

Etiquetas:

4 Comments:

Anonymous Anonimotrotskista said...

Ahahahha, porcos, é nisto que se vê o legado de Lenin, guerrilheiros arménios vão juntar-se aos seus irmãos arménios na Síria par lutar ao lado deles contra al-qaidas e Turquias que criminosamente se prostituíram contra os povos, arménios de Nagorno-Karabak lutam ao lado dos seus irmãos na Síria, juntem isto aos árabes de esquerda, turcos e curdos de esquerda e o distanciamento do Hamas(que curiosamente não se uniu á farsa al-qaida contra Assad)e a Al-qaida têm os dias contados na Síria, SLAVA CCCP E O SEU EXÉRCITO GLORIOSO!!!

http://www.marchaverde.com.br/2014/04/guerreiros-do-nagorno-karabakh-seguem.html

Um belo artigo de Miguel Urbano Rodrigues sobre a mais épica luta da história da libertação nacional, o Vietnam e a criação do PC vietnamita, um exemplo a refletir para aqueles que queiram pôr os porcos de cu a fugir aos tiros de kalasnikov em Siagão, ahahaha, um dos maiores LOLs da história:

http://www.resistir.info/mur/mur_31mar14.html

Saudações

3:53 a. m.  
Anonymous AnonimoiTrotskista said...

Tudo será nosso de novo, concordo que na Àsia Central a coisa pode ser mais complicada devido ás ditaduras de tipo feudal que se instalaram, mantidos por emires de caca, aliás foi por isso que a CIA investiu tanto em falsos grupos armados como o Movimento Islâmico do Uzbekistão(uma fachada da CIA) paar destabilizar esses povos e alienar jovens com o islamismo, ah Breznev tanto alertou para este perigo, mais creio que o legado soviético aí não morrerá, e até creio que só com um grupo comunista de combate tipo FARC essa merda será derubada, MAS SERÁ VARRIDA DA FACE DA HISTÓRIA!!!
Os países bálticos é um pouco como a Eslovénia na Jugoslávia, estão algo desligados do Leste,e envenenados com pseuod-sentimento nacional, mas creio que com uma politica de esclarecimento, uma partido de combate que desmonte os mitos e não tarda muito o colpaso da UE levarão estes países a reflectir.Junte-se o facto de serem pequenos países, com pequena economia, e perceberão o erro de pensar competir com as Alemanhas, e mais vale o espaço económico do Pacto de Varsóvia assente na troca mutua benéfica, solidariedade popular e não a loucura do mercado.Quando a mentira da UE estourar, eles verão a verdade!!!A Geórgia e outros paises são pseudo-estados mantidos por narco-traficantes que não têm democracias, com bons PCs (com milicias em 20 anos o comunismo volta ao poder).Vi num programa burgues americano um idiota jornalista que ia á Geórgia á laia de falar de Stalin e do culto da personalidade e a II Guerra.Entrou num mercado e perguntou a um comum cidadão dizendo"Sou inglês e estou a fazer um program de tv sobre a URSS...".O georgiano nem levou tempo e disse-lhe logo sem esperar pelo fim da pergunta " olhe lá, viviamos melhor sobre o comunismo, agora é só merda...".Ele estava num mercado local, e ninguém ao lado nem o contradisse nem o atacou, e o homem disse isto com um ar natural e como se pensasse nisso todos os dias quando ia ao mercado e ver a merda de vida que têm hoje...Foi hilariante que ele nem o deixou acabvar, como se estivesse para dizer isto a certos senhores, como os que venderam a merda do mercado com as liberdades e abundancia que ninguém viu...Lol!!
Não se viu nenhum anti-comunsimo, isto não obstante a propaganda histérica de Sakashvillis e merditas destes, agora imaginem um PC duro, combativo(e não vivendo da glória do passado e palavras ocas) com milicias armadas, tenho garndes suspeitas que em 20 anos tomavam conta disto e suspeito que poucos georgianos se opunham a um regresso a quando "viviam melhor...".Temos que ler estes sinais e não nos deixarmos convencer por propaganda mentiriosa que vende as massas felizes depois do fim da URSS, o oposto é que é verdade, a ideia disso é criar derrotismo, desânimo e sentimento de impotência nas massas e PCs para impedir a luta dos povos mas não tenho dúvidas que com mais ou menos coisa a URSS VOLTARÁ, TALVEZ DISTINTA, MAS VOLTARÁ!!!!

Saudações

4:09 a. m.  
Anonymous Anónimo said...

Desde aquí quisiera reconocer el trabajo comunista del camarada Josafat, que desinteresadamente traduce y nos hace llegar una información que de otro modo nunca nos llegaría.
Me consta su entrega, conciencia ideológica y por supuesto su excelente cualificación obtenida en la URSS en filología rusa.
SALUDOS AL CAMARADA JOSAFAT.

Fernando Quevedo KFA Estado Español

4:24 p. m.  
Blogger Blogchevique said...

Sin duda alguna el entrañable camarada Josafat merece la medalla a la amistad con los pueblos soviéticos y al internacionalismo proletario. Su tarea infatigable es extraordinaria. Él es también producto puro de lo mejor de nuestra querida Unión Soviética.

6:06 a. m.  

Publicar un comentario

<< Home