Nuestra lucha no se trata de una mera elección estrecha entre opciones electorales dentro del actual régimen, sino de apostar por formas de organización económica y espiritual, cualitativamente superiores a la civilización burguesa, donde se garantiza la emancipación del proletariado y la democracia real. Es la lucha popular por la conquista de la civilización socialista, partiendo del estudio científico de las bases materiales que lo posibilitan y con el objetivo último del comunismo.

[Automatic translation: EN]
[Traduction automatique: FR]

6 de mayo de 2014

El líder del movimiento Yugo Vostok dice que es imparable una Federación ucraniana antifascista

Movimiento Yugo Vostok

Oleg Tsarev lider del movimiento "Yugo-Vosto": "El Rubicón ha sido atravesado hacia la Novorosia, una Federación de las repúblicas ucranianas del Sudeste. Tsarev que recientemente ha retirado su candidatura a las presidenciales del 25 de mayo abre nuevos escenarios para el futuro del país.
La policía de Donetsk iza la bandera de la República Popular en su comisaría. El Estado burgués ucraniano se descompone. Por eso la CIA, el FBI y la OTAN intervienen en masa para evitar su hundimiento total y recomponer las unidades militares como su columna vertebral fascista.
Estos últimos meses se han intentado todas las posibilidades para negociar con Kiev pero lo que ha pasado el 2 de mayo en la Casa de los Sindicatos de Odessa hace que se cierren todas las puertas con este gobierno. 

Las perspectivas inmediatas son el referendum en el Donbass el 11 de mayo que representa el lugar de resistencia, o mas bien, un cordón sanitario contra la peste parda del neonazismo del siglo XXI. Referendum que podría establecer la independencia de la República del Donbass. Después vienen los del Sur y la creación de la Federación de las Repúblicas del Este, Novorosia. El actual conflicto no por tanto un conflicto interno de Ucrania sino entre el régimen criminal de Kiev y el nuevo Estado Federal.

Estamos convencidos que las regiones centrales y occidentales del país se organizan y actuan de nuestra manera, hacia la autodeterminación y quieren construir un nuevo Estado federal donde sigamos viviendo juntos. Pero será la siguiente etapa. Hoy vamos a celebrar el día de la Victoria y preparar la organización del referendum, se trata de una etapa histórica.
Las milicias populares de Donetsk resisten el asalto fascista que busca impedir el referendo democrático del 11 de mayo
Enlace permanente de imagen incrustada
A 5 de mayo las fuerzas de la junta criminal de Kiev a las órdenes de la CIA cerca de Slaviansk pero la ciudad sigue en manos de sus Milicias populares antifascistas que según diversas fuentes han perdido 30 de sus voluntarios en combates con los mercenarios.
Enlace permanente de imagen incrustada
Anciana soviética armada en Slaviansk


Etiquetas:

2 Comments:

Anonymous AnonimoTrotskista said...

James Petras sobre a grande purga que querem fazer os porcos na Ucrânia, em castelhano:

http://www.rebelion.org/noticia.php?id=184326

Sobre Repórteres sem Fronteiras, a sua agenda oculta, em castelhano:

http://www.rebelion.org/noticia.php?id=184337

Terroristas de Miami buscam agora atacar cuba e fazer a mesma destabilização que na Venezuela:

http://lapupilainsomne.wordpress.com/2014/05/07/capturados-en-cuba-cuatro-terroristas-procedentes-de-miami-pretendian-atacar-instalaciones-militares-y-promover-acciones-violentas/

Saudações

2:33 a. m.  
Anonymous AnonimoTrotskista said...

Eu penso que muitos comunistas ainda vivem com a mente no vietname, aonde a imprensa supostamente fez uma viragem e aceitou o lado dos vietnamitas como o aldo bom.Isso é em grande parte devido ao facto de na altura ainda haver dificuldade de impor a todo o mundo uma agenda de pensmaneto, a imprensa não era tão poderosa como hoje aonde invade tudo e todos, faz milhentos progaramas dobre tudo e mais alguma coisa, faz programas de "história" aonde conta mentiras atrás de mentiras.O massacre de Vase Miskina, foi uma grande mentira e contudo a "imprensa libre" continua a repetir isso.Isso deve-se á concentração cada vez maior de grupos de imprensa na maos de meia dúzia de donos, todos ligados ao império, algo que não existia nas décadas de 60.Depois a correlação dem forças nessa altiura era distinta, o prestigio da Rev. Cubana e da URSS(muito sentiam-se gratos pela destruição dos nazis) levavam a uma duvida sobre o establishment e o roamntismo do socialismo levava muitas camadas de jovens a sonhar com o socialismo e a desconfiar do império,foi a era do Baader Meinhoff, Brigadas Vermelhas Itália, e França, FDPLP, até na Islão, a contestação era revolucionária e na a merda da Al-Qaida.O retrocesso ideológico de 91 levou á demonização da alternativa e ao avanço ideológico da merda capitalista e a nova imprensa, cheia de vontade de ganhar dinheiro fácil,muito á imagem da era política que vivemos)deixou a busca da verdade
para trás.Isso viu-se na diminuição de individuos que sendo por exemplo social-democratas(pese embora as cvriticas que nós possamos fazer)tinham alguma isenção e buscavam a verdade,erravam devido ás suas ideias e limitações ideológicas mas devido a uma deliberada mentira, agora temos prostitutos vendidos, que recebem dinheiro e têm perfeita noção das mentiras que afirmam.Algumas honrosas excepções existem, ams muito poucos.No seu desconcertante livro da Jugoslávia á Jugoslávia, Carlos Santos Pereira, um burguês perito nos Balcãs dá-nos uma mostra da guerra nos Balcãs muito distinta do que vimos, contudo o seu livro é pouco divulgado, ao apso que desinformação é colcoada em estantes de lojas para vender livros "peritos" sobre a Jugoslávia.Também nas Universiades a geração de um Domenico Losurdo ou Miguel Urtano Rodrigues, de inspiração amrxista demonstrava o prestígio do marxismo e sua força,agora na nova temos atrasados mentais que citam "ideias" aprendidas roboticamente sem nunca as questionarem, aceitando dogmas, e formando em massa rebanhos de jovens ideologizados no capitalismo, estes são os novos "inteletuais", o marxismo quase desapareceu.O porquê disto é uma questão complexa, mas têm a ver com a guerra suja da CIA em universidades, media e através da massificação da tv aonde tu vês ao vivo iamgens de Tbilissi em chamas em 2008 e na verdade as iamgens são de Thskinvali e são mostra da barbarie georgiana, e contudo garndes grupos demosntram isos como garndes verdades.Carlks santos Pereira desmontou a fraude dos "campos de concentração bósnios", demonstrando que o famoso preso de Omarska, vendido como um pobre muçulmano encarcerado em cmapos de tipos nazis pelos servios era na verdade um sérvio preso por roubo e estava muito magro devido á tuberculose.ele contou a história de como se criou essa fraude e deixou no ar a noção de que "um erro deste magnitude que teria valido a qualquer estudante de jornalismo uma reprovação certa, valeu a estes jornalistas o tão apetecido Pulitzer, sinal dos tempos...".

Sobre a imprens a dois artigos interessantes, um em que ao que parece os jovens dos EUA desconfiam do governo:

http://www.marchaverde.com.br/2014/05/os-jovens-nao-confiam-no-governo-e-na.html

E em resistir.info, um artigo extraordinário do novo tipo de jornalismo zombie e prostituto que se cria, penso ser interessante ler este post:

http://www.resistir.info/varios/info_vodu_p.html

Saudações

2:58 a. m.  

Publicar un comentario

<< Home